O colaborador é, sem dúvidas, a essência de qualquer empresa. É ele que está presente no dia a dia acompanhando e proporcionando o crescimento  dos negócios.

Mas quando seu colaborador se desmotiva isso pode ser um problema  profissional e emocional, refletindo na empresa como um todo. Saber identificar os motivos para desmotivação e buscar formas de engajá-lo novamente é muito importante. Para te ajudar, listamos algumas dicas. Fique ligado!

Como identificar um colaborador desmotivado?

Para ter o seu colaborador engajado e comprometido com a empresa ele precisa de cuidado. Ao ser motivado, ele veste a camisa e se empenha no crescimento da organização.

Fique atento aos sinais de desmotivação:

  • Atrasos frequentes;
  • Faltas frequentes;
  • Baixa produtividade;
  • Conflitos;
  • Indiferença na realização das tarefas diárias;
  • Diminuição da qualidade do trabalho;
  • Reclamações por parte de outros colegas sobre a sua postura.

Faça pesquisas de satisfação regularmente

____________________________

Veja também:

Pesquisa de clima organizacional: saiba como montar a sua

Dar voz aos colaboradores é uma ótima forma de começar uma comunicação interna de sucesso.

Por meio da pesquisa de satisfação é possível identificar os acertos da empresa e o que pode melhorar.

Com isso, também dá para traçar um perfil dos seus colaboradores, o que pode ajudar bastante na hora do recrutamento e também em sua retenção tendo em vista que vai descobrir o que os motiva.

Banner com CTA do Ebook Geração Z

6 dicas de como manter o seu colaborador motivado

1 – Política de Benefícios

Tanto na hora da oferta como na retenção, os benefícios são fatores decisivos para os brasileiros.

Ter uma política de benefícios eficiente mostra cuidado com o seu colaborador, que pode se estender à sua família, como assistência médica, participação nos lucros, auxílio-creche, vale alimentação e transporte, entre outros.

Analise o perfil dos seus colaboradores para avaliar quais suas necessidades reais.

2 – Conheça o seu colaborador

Nem sempre a desmotivação tem relação com o trabalho e sim com fatores externos. Criar um ambiente onde ele se sinta à vontade para procurar a empresa e expor sua situação pode fazer a diferença.

Um membro da família pode estar doente e ele precisa de horários flexíveis, ou mesmo estar passando por problemas financeiros. Uma solução nesse caso, é buscar  um convênio com instituições financeiras para oferecer o crédito consignado.

3 – Comunicação eficiente

Para que a mensagem chegue ao público externo de forma clara e eficiente, ela tem que primeiro ser bem trabalhada dentro da organização.

A cultura organizacional da empresa deve ser divulgada e estar em harmonia com os colaboradores.

É necessário que a empresa analise quais os melhores canais de comunicação de acordo com o seu perfil e o de seus colaboradores. Assim, a mensagem será passada da melhor maneira possível.

Uma boa alternativa é criar ações de endomarketing, ou seja, o marketing voltado para o público interno.

4 – Dê feedbacks e valorize cada conquista

Dar feedbacks aos seus colaboradores é tão importante para ele quanto para a empresa.

Ao saber que está fazendo um bom trabalho, ele se motiva a continuar ou aumentar o seu desempenho. Da mesma forma, que críticas construtivas podem auxiliá-lo a melhorar.

Também é de grande importância comemorar as pequenas conquistas tanto individuais, como as de equipe e as da empresa. Inclusive, dar recompensa também é uma ótima forma de motivação, como promoções, folgas, brindes, jantares, etc.

5 – Invista no seu colaborador

Depois de recrutar um talento, nada melhor que aprimorá-lo. É bom para o colaborador e muito vantajoso para a empresa. Com isso, também diminui a necessidade de novos processos de seleção recorrentes, já que a organização terá pessoas qualificadas para promoções e mudanças de cargos.

Faça workshops, treinamentos, invista em bolsas de cursos de especialização para os seus colaboradores.

6 – Defina metas

Trabalhar sem objetivos e metas é um grande aliado da desmotivação.

Tenha em mente seu planejamento de metas e objetivos bem definidos de curto, médio e longo prazo.

Assim, além de motivar os colaboradores, também ajuda aos líderes a ver o avanço dos negócios, comemorar cada conquista e recompensá-los da melhor forma.

A motivação é um trabalho que exige planejamento, incentivo e investimento. Quando se investe no colaborador, os negócios crescem e ambos prosperam juntos.