Ter uma vida financeira saudável não é um bicho de sete cabeças e pode ser mais fácil do que muita gente imagina. Para conseguir ter uma gestão financeira de uma forma simples e eficiente o primeiro passo é se planejar. 

Para ajudá-lo a ter uma boa gestão financeira listamos alguns erros comuns na hora de cuidar das finanças pessoais. 

1 – Não acompanhar os seus gastos na gestão financeira

Não saber quanto recebe e quanto gasta é um dos principais erros da gestão financeira. Se você não anota o que gasta, como vai controlar suas finanças? Uma boa dica para controlar melhor o dinheiro que entra e sai é usar uma planilha de gastos. Se você ainda não tem a sua, nossa equipe deixou um modelo pronto, é só clicar aqui para acessar. 

Sabe a diferença entre salário líquido e bruto?

Com a planilha de controle financeiro você consegue visualizar quais são suas principais despesas, quais gastos são essenciais, além de ficar de olho nos gastos supérfluos. Com isso, é possível avaliar os gastos extras e, se necessário, pode encontrar formas de enxugar o orçamento.

2 – Não ter uma reserva de emergência 

Mesmo com tudo em ordem, faz parte do planejamento pensar em imprevistos.

É essencial ter uma reserva para situações que fogem do seu controle, como desemprego, problemas de saúde, acidentes, entre outros. O ideal é que essa quantia seja entre três e seis meses da sua renda, por exemplo, se você tem uma renda mensal de R$ 2 mil, a sua reserva precisa ser de R$ 6 e R$ 12 mil. Para começar, reserve cerca de 15% da sua renda mensalmente. 

Caso queria aprender mais sobre reserva de emergência, é só assistir o vídeo abaixo: 

3 – Fazer dívidas antes de receber o salário

Qualquer gasto extra deve ser feito somente após o pagamento de todas suas despesas fixas. Assim, quando sobrar algum dinheiro, você pode comprar algo que não é tão necessário, mas que deseja muito.

Pedir dinheiro emprestado e fazer compras a prazo são exemplos de gastos que comprometem o seu salário antes mesmo dele entrar na sua conta – e que podem bagunçar a sua vida financeira.

4 – Não pagar à vista

Dê sempre preferência a pagamentos à vista, dessa forma você consegue gerir melhor as suas finanças, evitando comprometer o seu salário nos próximos meses.

Se é algo que não é essencial, economize com o que sobrar ao fim do mês para comprá-lo. Se for algo que está precisando, avalie os juros e compare em outras lojas quando for dividir, além disso, evite parcelamentos muito longos.

banner para baixar a planilha de gastos pessoais

5 – Não fazer investimentos com a gestão financeira

Depois de pagar todas as despesas, sobrou dinheiro? Invista!

Não caia no erro de colocar na poupança, pois o rendimento é muito baixo e você pode com o dinheiro do investimento, fazer sua reserva de emergência, pagar dívidas e juntar dinheiro para outras coisas.

Pesquise sobre fundos, aplicações e produtos financeiros que possuem baixo risco e melhores retornos. 

Mas atenção, antes de sair por aí investindo, busque ajuda de profissionais certificados e estude bem sobre produtos que são aderentes ao seu perfil.   

6 – Não traçar objetivos financeiros para a gestão financeira

Tenha em mente seus objetivos e passe para o papel. Você quer sair do vermelho? Quer trocar de carro? Ter sua casa própria?

Coloque por ordem de importância todos os seus desejos e como fazer para alcançá-los. 

Acompanhe semanalmente sua planilha de gastos, faça os ajustes necessários e verá que em pouco tempo a sua gestão financeira vai ficando cada vez mais fácil e logo você vai conseguir realizar todos os seus sonhos.