O multiculturalismo pode oferecer diversos benefícios para as empresas ao aumentar e abraçar a diversidade no local de trabalho. Benefícios esses que podem ser uma melhoria nas relações interpessoais ou até a melhoria do seu rendimento.

 

Mas afinal o que é uma empresa multicultural?

Empresas que são adeptas ao multiculturalismo respeitam a diversidade e trabalham com a inclusão social. Em um mundo cada vez mais globalizado é necessário seguir esse caminho para alcançar o sucesso.

A pluralidade é a base da multiculturalidade nas empresas, isso significa incluir pessoas de diversas origens, raças, gêneros e oferecer a elas oportunidades iguais de contribuição e crescimento.

Para ser multicultural é necessária a ausência de discriminação e preconceito em relação à raça, religião, etnia, gênero, idade, orientação sexual ou limitação física. As únicas coisas que deverão ser levadas em conta são as habilidades, talento e performance dos colaboradores.

 

Banner com CTA do Ebook Geração Z

 

Quais as vantagens do multiculturalismo nas empresas?

Ser multicultural pode atrair um maior número de talentos e de qualidade. Em uma pesquisa realizada pela Glassdoor.com, 67% dos candidatos a emprego disseram que uma empresa com ambiente de trabalho diversificado era um fator importante na sua decisão de aceitar ou rejeitar uma oferta de emprego.

Quando você possui pessoas de diversas origens culturais, ao surgir um problema, você terá diversas perspectivas de como abordá-lo.

É necessário incentivar sua equipe a se envolver nas tomadas de decisões, dar espaço para que todos possam dar seu feedback em reuniões, aproveitar essa diversidade de pensamentos para criar um grupo envolvido com a organização.

Promover a integração de diferentes culturas é, provavelmente, a maior vantagem desse tipo de ambiente. Ver as coisas por novas perspectivas, pode levar à criação de novas ideias, contribuir para relações mais ricas de conhecimentos. Criar uma cultura de tolerância, respeito e aceitação, reduzindo conflitos no local de trabalho e melhorando o rendimento dos colaboradores.

 

Como criar um ambiente multicultural em 5 passos simples?

# 1 Selecione um líder competente para o multiculturalismo:

Essas competências vão além do conhecimento técnico. É preciso possuir um alto nível de flexibilidade cultural, forte senso de tolerância e zero preconceito. Combinados com uma vasta experiência de trabalho, esse líder será essencial para garantir que a cultura da empresa seja respeitada e praticada.

 

#2 Construa uma relação de amizade e confiança com os seus colaboradores:

Esse é o elemento central para se obter sucesso. Conheça a sua equipe e garanta que todos dentro dela possam se conhecer também. Seja através de um almoço ou de uma videoconferência, caso não seja possível todos se conhecerem pessoalmente. É importante que a equipe esteja integrada.

 

#3 Entenda as diferenças:

Mesmo que as pessoas do mesmo setor tenham a mesma formação acadêmica, funções parecidas e experiências profissionais similares, isso não significa que todos sejam iguais. Hobbies, cultura, educação, formação social, tudo isso poderá influenciar em novas ideias dentro do local de trabalho e criar soluções criativas para problemas.

 

Veja também:

Plano de carreira: como o profissional de RH pode elaborar

Responsabilidade Social: qual o papel do RH na sua construção?

 

#4 Empresa como educadora:

Um dos pontos que podem ser abordados são os treinamentos para tratar de diversidade, assim como aprender especificamente sobre algumas culturas, religiões, etnias e orientações sexuais, por exemplo. Além disso, também deve fazer parte da política da empresa o acolhimento para aqueles que forem intimidados ou provocados e estabelecer punições para quem as praticar. Os colaboradores precisam se sentir seguros em denunciar, sabendo que algo de fato será feito.

 

#5 RH adaptado para o multiculturalismo:

Por exercer papel fundamental na adaptação para esse tipo de gestão, o departamento de RH precisa estar preparado para que o multiculturalismo seja aplicado corretamente em todos os setores. Desde o recrutamento com avaliações adaptadas, promovendo treinamentos aos colaboradores e estimulando a troca de experiências entre colaboradores em reuniões ou através de questionários.

 

A comunicação entre a empresa e seus colaboradores é muito importante para que seja possível identificar problemas individuais. Eles podem ocasionar uma redução de produção em determinado funcionário, e a organização tem o papel de solucionar os problemas por meio de uma cultura de multiculturalismo. E o mais importante, fazer com que todos convivam em harmonia respeitando a singularidade de cada um dentro e fora do local de trabalho.