Um RH estratégico sabe da importância de um bom plano de cargos e salários. Além de ser uma ótima forma de mensurar o trabalho implementado e os resultados, faz parte de uma gestão de pessoas de sucesso.

Como ele tem sido feito na sua empresa? Seus colaboradores estão satisfeitos? Suas metas e objetivos têm sido atingidas? Vamos te mostrar 6 passos de como montar um plano de cargos e salários de forma simples e eficiente!

O que é?

Segundo a Pirâmide de Maslow, existe uma hierarquia de necessidades, onde em sua base estão as necessidades fisiológicas (básicas) e não assegurá-las pode comprometer o trabalho – sendo difícil se concentrar em qualquer outra coisa.

imagem de referencia

Uma vez que as necessidades fisiológicas são supridas, os colaboradores vão em busca de outras necessidades e cabe à empresa pensar em como garantir que elas sejam realizadas através de ações bem estabelecidas a fim de manter o empregado motivado.

Plano de Cargos e Salários como forma de gerir pessoas

Ao elaborar o Plano de Cargos e Salários, a empresa estará definindo para cada colaborador a sua função, suas obrigações, tornando o trabalho mais preciso para que seja realizado de maneira mais eficiente. Isto facilita a vida do colaborador que sabe exatamente o que tem que fazer e o ajuda no crescimento da empresa.

Ao deixar claro tais obrigações, estes dados facilitam na hora de mensurar os resultados obtidos de cada área da organização, sabendo exatamente de onde cobrar ou em que segmento houve falha e precisa de ajustes.

No momento em que está evidente os níveis salariais e os cargos, geramos uma motivação nos colaboradores ao perceberem que para se desenvolverem, só dependem do esforço pessoal. Com isso, sabem que podem alcançar postos maiores, ajudando a diminuir o turnover na organização.

6 passos para montar um plano de cargos e salários

1. Planejamento

É necessário um bom planejamento e alinhamento com toda a equipe, todos devem estar comprometidos a atuar nesse modelo. Salários, políticas de promoção e reconhecimento são algumas questões que devem ser consideradas.

Em alguns casos não será só a criação que deverá ser planejada, mas também substituição dos modelos antigos para os atuais.

2. Detalhamento de cargos e funções

Você sabe quais os cargos que a empresa possui, mas é preciso também definir qual a função que cada um desempenha de forma minuciosa.

Obter informações com os colaboradores que exercem cada função é imprescindível, afinal são eles que atuam diretamente em cada cargo e entendem melhor do que qualquer pessoa suas obrigações. Dessa forma é possível descrever com maior exatidão.

Banner com CTA do Ebook Geração Z

3. Salário

Tanto para a empresa quanto para os colaboradores, isto deve estar de acordo com o mercado e ser justo no momento de oferecer uma remuneração. Não se esqueça que seus funcionários também estarão de olho no que o mercado oferece.

Uma boa opção para captar novos colaboradores e fidelizar os antigos é apostar nos benefícios.

Dentro do plano salarial uma progressão pode ser criada para que fique claro os prazos em que irá existir um aumento.

4. Política de plano

Como toda política de uma empresa, as de plano de cargos deverão ter regras a serem seguidas.

Além de descrever cada função é preciso determinar critérios para possíveis promoções, como por exemplo, tempo mínimo exercendo uma função, número de idiomas falados.. Construa critérios que ajudem na hora de promover novos colaboradores.

____________________________

Veja também:

RH estratégico: 4 dicas essenciais para se tornar um expert

5. Transparência

Seu plano de cargos e salários deve ser o mais claro e objetivo possível para que não haja interpretações errôneas sobre toda a política – e para que todos os colaboradores compreendam.

6. Divulgue o plano de cargos e salários

Você pode optar por fazer um documento apenas digital ou físico, mas o fundamental é que seus colaboradores tenham acesso a esse documento.

Além de deixar o documento acessível para que seus funcionários possam ler sempre que quiserem, os incentive a isso.

Apresente o plano para seus colaboradores e esteja disposto a tirar todas as dúvidas que surgirem.

 O colaborador gosta de se sentir cuidado e isso reflete diretamente no seu trabalho e de como ele vai cuidar da empresa. O Plano de Cargos e Salários pode ser implementado de forma simples e garantir grandes resultados!